Preço: 5 5
Contacto
Contato: 96..........mostrar
Adicionado 22-02-2020
Localização

Localização

Sever do Vouga, Sever do Vouga, Aveiro

O Retrato de Dorian Gray | de Oscar Wilde

Detalhes de anúncio

ID anúncio: 14834
Exibido: 63
Modificado: 22-02-2020
Expira em: 21-02-2021

Envio

Envio nacional: Free
Envio internacional: 5

Descrição

Detalhes da Obra
Título:
O Retrato de Dorian Gray

Título Original:
The Picture of Dorian Gray

Autoria:
Oscar Wilde

Tradução:
Januário Leite

Detalhes do Artigo
Estado:
Usado / Capa com sinais de manuseamento - Apresenta vinco no canto superior direito da capa / Miolo amarelecido

Capa:
Mole

Editora:
Portugália

Colecção:
Os Romances Universais XLIII

Edição:
-

Ano de edição:
1969

Páginas:
376

Idioma:
Português

ISBN:
-

Sinopse
Dorian Gray é um jovem invulgarmente belo por quem Basil Hallward, um pintor londrino, fica fascinado. Determinado a eternizar a beleza de Dorian numa tela, Basil convence-o a posar para ele. Numa dessas sessões, o jovem conhece Lorde Henry Wotton, um aristocrata cínico e hedonista, que o desperta para a beleza e o seduz para a sua visão do mundo, onde as únicas coisas que valem a pena perseguir são a beleza e o prazer. Horrorizado com o destino inevitável que o fará envelhecer e perder a sua beleza, Dorian comenta com os amigos que está disposto a tudo, até mesmo a vender a alma, para permanecer eternamente jovem e manter a sua beleza.
Fortalecido pelo hedonismo, Dorian trata cruelmente a sua noiva, Sybil Vane, que se suicida com o desgosto. Ao saber do sucedido, o jovem começa a notar certas mudanças subtis na sua expressão no quadro, e constata que é o Dorian do quadro que envelhece e que sofre com a passagem dos anos, ao mesmo tempo que o Dorian real permanece com a juventude e beleza intacta. Um romance gótico de horror com um forte tema faustiano, O Retrato de Dorian Gray é considerado pela crítica como a melhor obra de Oscar Wilde.

Detalhes

Subcategoria Livros

Classificados de Compra e Venda na tua Cidade!

Ainda não crias-te uma conta gratuita, o que esperas para o fazer?